Videoclipe homenageia padre que arrancou a marretada pedras de viaduto de SP

Padre Júlio Lancellotti dedica sua vida à luta social e, em fevereiro de 2021, protagonizou uma das cenas mais fortes do ano.

Início » Mundo » Brasil » Videoclipe homenageia padre que arrancou a marretada pedras de viaduto de SP
Por JornalVozAtiva.com Publicado em 23/03/2021, 13:42 - Atualizado em 23/03/2021, 13:50
Foto – Padre Júlio Lancellotti tirando as pedras, debaixo do viaduto ,a marretadas. Crédito – Reprodução. Siga no Google News

Erradicar a pobreza. Um dos princípios da Carta da Terra é também propósito de vida do Padre Júlio Lancelloti. O pároco paulistano que se destaca pelo trabalho com moradores de rua de São Paulo. Por isso, ele é o homenageado do videoclipe “Júlio, o Lancelloti”, da cantora e compositora Ana Person, que será lançado no dia 30 de março, às 19h, com transmissão ao vivo pelo Youtube da TV com DF, pelo Facebook da Alternativa Terrazul e da Convergência de Direitos.

 O lançamento é uma das atividades de difusão da Carta da Terra. No evento, haverá uma roda de conversa com o Padre Júlio Lancelloti, a cantora Ana Person e representantes das instituições Teia Carta da Terra Brasil, Alternativa Terrazul, Convergência de Direitos e Frente Interreligiosa Dom Paulo Evaristo Arns por Justiça e Paz.

A inspiração da canção se dá pela repercussão da ação de Padre Júlio Lancellotti (religioso e defensor dos direitos humanos), quebrando pedras que foram colocadas embaixo de um viaduto na Mooca, em São Paulo, como forma de manifestação contra a medida higienista da prefeitura de São Paulo. A sensibilidade musical da cantora relatada através da música, fortalece o principio 9 da Carta da Terra: Erradicar a pobreza como imperativo ético, social e ambiental. Além uma reflexão necessária sobre o pilar III do documento: Justiça social e econômica.

Padre dedica vida à luta social e, em fevereiro de 2021, protagonizou uma das cenas mais fortes do ano. Crédito - Reprodução/Instagram.

Carta da Terra

As reflexões sobre as mudanças necessárias para a construção de um mundo mais sustentável e com justiça social, ganharam interpretação dois festivais no ano passado nas versões Adulto e Infantil comemorando 20 anos da Carta da Terra. Os eventos virtuais tiveram a apresentação da atriz e apresentadora Maria Paula. Participaram artistas, teóricos, políticos, ambientalista e movimentos sociais como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Carlinhos Brown, Adriana Calcanhoto, GOG, Ana Person, Manassés, Monja Coen, Leonardo Boff, Marina Silva, Randolfe Rodrigues, Frijot Capra, Vandana Shiva entre outros (as).

A Carta da Terra é uma declaração de princípios éticos e fundamentais para a construção, no século XXI, de uma sociedade global justa, sustentável e pacífica. Em 2020, foi celebrada as duas décadas da publicação do documento que está presente em mais 89 países. Em média 4500 organizações utilizam seus princípios como base nas suas atividades. Para rememorar o que se passou neste período, debater as escolhas a fazer e construir o caminho a trilhar nesses novos tempos, as organizações: Fundação Grupo Esquel Brasil, Associação Alternativa Terrazul, Carta da Terra Internacional e Teia Carta da Terra Brasil realizaram esses dois festivais.

O trabalho de padre Júlio Lancellotti, coordenador da Pastoral Povo da Rua, envolve diretamente pessoas em situação de rua. Crédito - Reprodução/Instagram.

Em clima de celebração, os festivais uniram forças e propuseram uma profunda reflexão sobre mudanças necessárias para o mundo, baseada nos pilares da Carta da Terra: I. Respeitar e cuidar da comunidade da vida; II. Integridade ecológica; III. Justiça social e econômica; IV. Democracia, não violência e paz.

A difusão da Carta da Terra não cessa com a execução dos festivais, e por isso realizamos eventos, debates e cursos para propagar os princípios e valores desse documento. Diante disso, o lançamento do videoclipe “Júlio, o Lancelotti ” da Cantora e compositora Ana Person, fortalece a difusão desse documento.

Sobre a artista

Foto - Reprodução. Crédito - Instagram Ana Person.

Ana Person é compositora, cantora, arranjadora e violonista, lançou comdois CD’s autorais independentes. Participou de Festivais e conquistou premiações na área de Teatro, Poesia e Música. Realiza shows, performances, oficinas e vivências em SESCs, SESI’s e na área institucional para públicos diversos. Produziu os espetáculos: “Musical Interativo Sou Água”, “Samba na bola - o futebol na canção brasileira”, “Musical Carta da Terra - para crianças” entre outros. Na pandemia lançou o Presente Emoção - homenagens musicais ao vivo online, (serenatas online) e tem participado de lives institucionais como convidada musical.

Para conhecer mais:

youtube.com/anaperson
https://www.instagram.com/anaperson.compositora/
https://presente.anaperson.com.br/
https://cartadaterra.arteambiental.com.br

Comentar com o facebook

Deixar Um Comentário