Leia “Mas nada vai conseguir mudar o que ficou, my brother?” na Coluna Viagens Literárias

Início » Colunas » Viagens Literárias » Leia “Mas nada vai conseguir mudar o que ficou, my brother?” na Coluna Viagens Literárias
Por Tino Ansaloni Publicado em 27/01/2016, 07:42 - Atualizado em 27/01/2016, 07:43
Divulgação - Priscilla Porto - Crédito - João Almeida Nascimento * Priscilla Porto (Meu troco é pouco, é quase nada?) Embora a onda atual no cenário político seja fazer de conta que não se sabe de nada, em plano mais intimista, afirmo: “Mas eu sei que alguma coisa aconteceu!” E tem fatos que acontecem na vida da gente, que realmente fazem a completa diferença, configurando-se como divisores de água ou a gota d´água. Acontecimentos que – às vezes em cenário de completa desordem -  ordenam: é a hora da virada! Hora de troco? Que nada! “Meu troco é pouco, é quase nada.” E viver à base da procura do “troco”, da revanche, é viver pela metade. Porque embora, durante a mudança de algumas estações, possa parecer que nada mudou, “tá tudo assim, tão diferente”. E se o espaço for curto, quase um curral, my brother, é só relembrar que “o pra sempre, sempre acaba”. Como já diziam sabiamente nossos antepassados, nas outras palavras: “Não há mal que sempre dure, nem bem que não se acabe”. Afinal, até para nós escritores, no dia que não tinha caneta, nem papel e uma ideia fugia. Só é preciso parar! Respirar... Não se desesperar: - Tudo passa! E “Mesmo com tantos motivos pra deixar tudo como está. Nem desistir, nem tentar, agora tanto faz...” Porque nem sempre a gente anda (nesta vida) por onde a gente gosta. Pouco gente trilha o caminho realmente almejado. Mas, fazer o quê? “Por aqui não tem jeito: todo mundo se encosta!” E, talvez, o importante seja que, “mesmo com tantos motivos pra deixar tudo como está... nem desistir, nem tentar”... o que conta é não deixar pra lá. É preciso mudar! E como um concorde apressado, cheio de força, voar.   *Priscilla Porto Autora dos livros “As verdades que as mulheres não contam” e “Para alguém que amo – mensagens para uma pessoa especial”.   QUER GANHAR UM LIVRO? Preencha o formulário abaixo e concorra a um exemplar do livro “Para alguém que amo – Mensagens para uma pessoa especial”, da escritora e jornalista Priscilla Porto. https://docs.google.com/forms/d/1pMTSsYYuGF-J4a3ngoeluhNGSn5uRiAbzJJRZ2S0xGw/viewform Você concorre, ao responder “Quem você gostaria de presentear com o livro Para alguém que amo – Mensagens para uma pessoa especial? E por quê?” Os autores das três melhores respostas receberão, em casa, um exemplar do livro. O resultado será divulgado no dia 29/02/2016. Participe!

Comentar com o facebook

Deixar Um Comentário

Leia “Mas nada vai conseguir mudar o que ficou, my brother?” na Coluna Viagens Literárias2016-01-27T07:43:04-03:00

Send this to a friend