Na área do 52º Batalhão da Polícia Militar, Carnaval 2017 transcorre de forma segura

Houve redução no número de roubos e furtos na Região dos Inconfidentes, que contou com a atuação de cerca de 550 policiais militares

Início » Cultura » Carnaval 2017 » Na área do 52º Batalhão da Polícia Militar, Carnaval 2017 transcorre de forma segura
Por Tino Ansaloni Publicado em 06/03/2017, 21:53 - Atualizado em 07/03/2017, 18:43
Foto-Policiamento durante o Carnaval 2017, em Ouro Preto, na Região dos Inconfidentes Crédito-52º BPM Print Dentro da campanha da Polícia Militar de Minas Gerais para o Carnaval 2017, que convidava os foliões a participarem das festividades carnavalescas de forma pacífica e consciente, por meio da #vamosfazerumcarnavaldepaz, o 52º Batalhão da Polícia Militar (52º BPM) não registrou ocorrências relevantes relacionadas aos eventos promovidos nas principais cidades que integram sua área de atuação – Ouro Preto, Mariana e Itabirito. O Carnaval tradicional das históricas Ouro Preto e Mariana, e da cidade vizinha Itabirito, atraiu um grande número de foliões que procuram a diversão e a tranquilidade do interior para aproveitarem a festa. Outra grande atração da Região dos Inconfidentes é o “Carnaval Universitário de Ouro Preto”, que atrai foliões de todo país. Para atender às expectativas de promover segurança aos moradores, foliões e turistas, o 52º Batalhão recebeu 222 policiais militares em reforço, oriundos da Academia de Polícia Militar de Minas Gerais. A 3ª Cia PE e o Regimento de Cavalaria também estiveram presentes no esquema de segurança pública, o qual é planejado com bastante antecedência e atende às especificidades da festa em cada uma das cidades. Diogo de Vasconcelos e os distritos também tiveram o policiamento reforçado. Em Ouro Preto, Mariana e Itabirito, houve ainda a contratação de seguranças privados por parte do Poder Executivo Municipal. O trabalho da Polícia Militar foi em parceria com outras instituições como Prefeituras Municipais, Guardas Municipais, Conselho Tutelar, Corpo de Bombeiros e Polícia Rodoviária Federal. Pontos de apoio para atendimento e registro de ocorrências foram implantados em áreas centrais das cidades, sendo montados, também, diversos pontos de observação, o que auxiliou na eficácia do policiamento. Blitze de trânsito foram realizadas durante todo período, com orientações e distribuições de Dicas sobre Segurança, além da fiscalização de veículos.   Estatísticas Na manhã desta sexta-feira, 3 de março, o Comandante do 52º Batalhão da Polícia Militar, Tenente-Coronel Winder Rodrigues Pinheiro, concedeu Entrevista Coletiva à Imprensa, durante a qual ressaltou a redução na incidência de alguns crimes, devido ao eficaz trabalho de prevenção e policiamento ostensivo realizado na Região dos Inconfidentes durante o Carnaval 2017. Em relação ano passado, houve redução nos crimes de roubo: sendo 22 em 2016 e 8 em 2017; e também nos de furto, sendo 102 em 2016 e 68 em 2017. Foram registrados, em Mariana, 2 (dois) homicídios e 1 (uma) tentativa de homicídio, crimes estes que não estão relacionados aos eventos carnavalescos, mas ao tráfico de drogas. As estatísticas completas serão divulgadas na próxima semana.   Prisões e Apreensões Na quinta-feira, 23, foram apreendidas 86 (oitenta e seis) buchas de substância semelhante à maconha e foi apreendido um menor, de 14 anos, residente em Ouro Preto, durante um show na Praça Tiradentes. Na mesma Praça, mas no sábado, 25, por volta de 20h, um homem de 60 anos e outro de 47 foram presos por tráfico de drogas, sendo apreendidas 15 (quinze) pedras de substância semelhante a crack. Na madrugada do mesmo dia, um rapaz foi preso e um menor foi apreendido, após os mesmos causarem danos ao patrimônio da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. Segundo informações de funcionários, um jovem de 20 anos deu entrada no local com suspeita de overdose. E, ao ser chamado somente o irmão do paciente para acompanhá-lo, seus amigos teriam se alterado, quebrando cadeiras, lustres e parte de uma porta. Um deles é menor, tem 17 anos, e foi apreendido. O outro tem 21 anos e foi preso. Ele já possui passagem pela Polícia. O rapaz que deu entrada na UPA tinha uma perfuração no crânio, a qual teria sido causada por uma queda sofrida na Rua Direita, e veio a óbito. Já na manhã da segunda-feira, 27, a Polícia Militar foi acionada devido a um roubo ocorrido próximo a uma república estudantil, no centro de Ouro Preto. Segundo um homem de 20 anos, ele participava de uma festa na república, quando foi avisado de que três indivíduos estavam tentando roubar seu veículo, o qual se encontrava estacionado nas proximidades, onde a vítima foi agredida, mas conseguiu sair com seu carro. No entanto, ele foi alcançado por dois dos indivíduos que o ameaçaram com 1 (um) canivete e o obrigaram a voltar ao local da festa, onde os autores lhe roubaram a quantia de R$70,00 (setenta reais) e evadiram. Após rastreamento da Polícia Militar, os autores, que têm 20 e 28 anos, foram presos. Eles são moradores de Ouro Preto e possuem diversas passagens pela Polícia, inclusive por roubo e homicídio. O dinheiro foi recuperado e o canivete foi apreendido. Também no dia 27, por volta de 21h30, policiais militares prenderam uma jovem de 18 anos que repassou uma cédula de R$100,00 (cem reais) com indícios de falsificação - e que foi apreendida - para uma comerciante no centro de Ouro Preto. Um menor de 15 anos que teria repassado a nota para a jovem, também foi apreendido.   Outras ocorrências No dia 23, um senhor de 63 anos registrou ocorrência relatando que vinha de Belo Horizonte, no dia anterior, por volta de 23h, quando foi surpreendido por uma pedra que foi lançada em direção ao seu veículo, na BR-356 próximo a Amarantina, distrito de Ouro Preto. O senhor afirmou que avistou um vulto, mas seguiu em direção ao distrito Cachoeira do Campo, acreditando que a intenção de quem lançou a pedra era que ele parasse, para que fosse cometido algum delito.  No dia 25, foi registrado um roubo a um estabelecimento comercial do bairro Morro do Cruzeiro, conhecido como “Bauxita”. Segundo as vítimas, dois indivíduos, um deles portando uma arma de fogo, subtraíram R$ 4.000,00 (quatro mil reais) e alguns pertences de clientes que estavam no estabelecimento. Em Mariana, na noite do dia 27, ocorreu uma tentativa de homicídio de um rapaz de 22 anos, no bairro Cabanas, e o homicídio de um menor de 14 anos, no bairro Santo Antônio, conhecido como “Prainha”. Na manhã do dia 28, no bairro Cartucha, um rapaz de 23 anos foi morto também por disparos de arma de fogo. Os três crimes não ocorreram durante eventos carnavalescos e estariam relacionados ao tráfico de drogas e acerto de contas. Participe da segurança pública de sua comunidade, ligando para o Disque Denúncia: 181. O sigilo é absoluto. Clique aqui e acesse o site do 52º Batalhão da Polícia Militar Texto-Assessoria de Comunicação Organizacional do 52º BPM

Comentar com o facebook

Deixar Um Comentário

Na área do 52º Batalhão da Polícia Militar, Carnaval 2017 transcorre de forma segura2017-03-07T18:43:01-03:00

Send this to a friend