Terça-feira, 13 de abril: acompanhe a 27ª Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Ouro Preto em 2021
Clique play e assista

31/07/2020 – 06h06 – Moradores manifestam contra a Vale e são impedidos de bloquear via, em Antônio Pereira, distrito de Ouro Preto-MG

Início » Urgente » 31/07/2020 – 06h06 – Moradores manifestam contra a Vale e são impedidos de bloquear via, em Antônio Pereira, distrito de Ouro Preto-MG
Por JornalVozAtiva.com Publicado em 31/07/2020, 06:52 - Atualizado em 31/07/2020, 06:56

31/07/2020 - Moradores de Antônio Pereira, distrito de Ouro Preto-MG, onde se encontra a Barragem de Doutor, que vem tirando o sono dos moradores devidos ao aumento do nível de emergência pela empresa Vale, estão em manifestação pacífica, nesse momento, apesar de forças policiais tentarem dispersar os manifestantes.

Em março de 2019, a atividades na mina foram interrompidas pela Justiça, pois a barragem, que tem capacidade para 35 milhões de metros³ de rejeito, tem apresentado alterações. Os moradores, após muitas reuniões e embates com empresa, se manifestam para obter mais informações, dentre elas,   a área de mancha que foi revisada por auditoria independente contratada por determinação do Ministério Público de Minas Gerais.

Segundo os moradores, o prazo para apresentação do resultado de novos estudos sobre a mancha, ou seja, a área que a lama atingiria em caso de rompimento, venceu ontem, 30/07 e a Vale teria pedido mais uma semana para apresentação dos resultados.

O início do ato de hoje foi às 4h, e a MG 129, que corta o distrito, foi fechada por cerca de 30 minutos, quando, segundo manifestantes, policiais compareceram ao local, ordenando o fim da manifestação.

Os manifestantes resolveram, então, seguir em caminhada até a portaria da empresa, quando os policiais iniciaram o acompanhamento, e impediram, também, a caminhada após alguns metros percorridos e os moradores se encontram, nesse momento, em manifesto na beira da rodovia.

Uma reunião, que teria sido agendada entre empresa e defesas civis de Ouro Preto e Mariana, para tratar de retirada de moradores e residências temporárias, foi adiada, segundo os manifestantes, para dia 10/08.

Moradores inconformados com a situação de desinformação e insegurança tentam, de várias formas, terem respostas e voltarem a ter momentos de tranquilidade.

O Jornal Voz Ativa encaminhou solicitação de informações para a empresa e aguarda retorno.

Vejam fotos e vídeos da manifestação de hoje

Comentar com o facebook

Deixar Um Comentário