Vale não atesta estabilidade de barragens em Nova Lima-MG e moradores são evacuados pela Defesa Civil2019-02-16T21:32:21+00:00

Vale não atesta estabilidade de barragens em Nova Lima-MG e moradores são evacuados pela Defesa Civil

As informações são da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Estado de Minas Gerais que se manifestou por meio de nota publicada neste sábado (16). Pessoas que estão sendo retiradas da área de risco estão sendo encaminhadas para o Centro Comunitário Macacos, próximo à Igreja de Macacos, localizado à rua Dona Maria da Gloria 711.

Início » Noticias » Vale não atesta estabilidade de barragens em Nova Lima-MG e moradores são evacuados pela Defesa Civil
Por João Paulo Silva Publicado em 16/02/2019, 21:19 - Atualizado em 16/02/2019, 21:32

Foto-A área vermelha do mapa mostra a área de evacuação
Crédito-Reprodução/Vale

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Estado de Minas Gerais publicou, na tarde deste sábado (16), uma nota afirmando que recebeu uma notificação oriunda da mineradora Vale informando que a empresa responsável por atestar a estabilidade das barragens B3 e B4, pertencentes à Mina Mar Azul, localizada no município de Nova Lima e de sua propriedade, não atestou a estabilidade das referidas barragens.

De acordo com a nota oficial foi solicitado pela Defesa Civil de Minas Gerais à Agência Nacional de Mineração (ANM) uma vistoria técnica in loco nas barragens, estando disponível todo o aparato logístico que se fizer necessário para celeridade da ação.

As barragens se encontram com nível de emergência classificado com o grau 2 e, por este motivo, em caráter preventivo e a fim de buscar a redução do risco de desastres no local, está ocorrendo a evacuação da área do mapa de inundação (dam break – possível área de alagamento na hipótese de rompimento das barragens) ”.

Ainda de acordo com a Defesa Civil de Minas Gerais, em cumprimento ao previsto no Plano de Ação de Emergência para Barragens de Mineração (PAEBM), “está coordenando a evacuação das pessoas que se encontram na área de risco. Serão evacuadas 49 casas que estão situadas nesta área”.

As ações estão sendo operacionalizadas pela empresa responsável pelas barragens e acompanhadas por equipes da Defesa Civil de Minas Gerais, Polícia Militar de Minas Gerais, Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais e Defesa Civil Municipal.

As pessoas que estão sendo retiradas da área de risco estão sendo encaminhadas para o Centro Comunitário Macacos, próximo à Igreja de Macacos, localizado à rua Dona Maria da Gloria 711. Os moradores que residem na área de risco devem se dirigir ao ponto de encontro munidos de documentos pessoais e comprovante de residência, onde serão cadastraras, receberão as orientações e serão alocados em hotéis da região”, informou.

Resposta da Vale

A mineradora Vale também se manifestou por meio de nota publicada neste sábado (16), leia abaixo, na íntegra, a resposta da companhia:

A Vale informa que acionou na noite deste sábado (16/2) o nível 2 do Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração (PAEBM) para a barragem B3/B4 da mina Mar Azul, em Nova Lima (MG). A decisão é uma medida preventiva e se dá após a revisão dos dados dos relatórios de análise de empresas especializadas contratadas para assessorar a Vale. Cabe ressaltar que a estrutura está inativa e essa iniciativa tem caráter preventivo.

Por segurança, a Vale está fazendo a evacuação de cerca de 200 pessoas em área que abrange 49 edificações, entre domicílios e estruturas de uso comercial na região de Macacos, a 25 quilômetros de Belo Horizonte. O trabalho está sendo conduzido pela Vale com apoio da Defesa Civil e demais órgãos competentes.

As pessoas evacuadas estão sendo acolhidas e registradas no centro comunitário, onde receberão informações adicionais. Posteriormente, elas serão acomodadas em hotéis da região.

A Vale dará toda a assistência e apoio necessários até que a situação seja normalizada.

Medida preventiva

A Defesa Civil esclarece a todos que “atua de forma preventiva visando reduzir os riscos de desastres e ressalta que não houve rompimento das barragens B3 e B4, no município de Nova Lima e que a evacuação das áreas do mapa de inundação possui caráter preventivo, cujo objetivo é, tão somente, promover a preservação de vidas na hipótese da ocorrência de desastres envolvendo as barragens supracitadas”.

Comentar com o facebook

Deixar Um Comentário

Send this to a friend