Terça-feira, 13 de abril: acompanhe a 27ª Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Ouro Preto em 2021
Clique play e assista

Câmara aprova PL que estabelece transparência na divulgação das listas de creches

O Projeto de Lei Ordinária Nº 272/2021 é de autoria do vereador Matheus Pacheco (PV)

Início » Noticias » Câmara aprova PL que estabelece transparência na divulgação das listas de creches
Por Assessoria de Comunicação e eventos - Câmara Municipal de Ouro Preto Publicado em 07/04/2021, 16:21 - Atualizado em 07/04/2021, 16:21
Reunião Ordinária realizada nesta terça-feira (06). Crédito – Reprodução/CMOP. Siga no Google News

Durante a 25ª Reunião Ordinária de 2021, realizada nesta terça-feira (06), foi aprovado em redação final o Projeto de Lei Ordinária Nº 272/2021, que visa promover a transparência na divulgação das listas de creches públicas e conveniadas do município.

De acordo com o vereador Matheus Pacheco (PV), autor do projeto, o PL visa garantir que a população receba as informações corretas e necessárias a respeito das listas de espera das crianças que aguardam por vagas nas creches públicas administradas ou conveniadas à Prefeitura Municipal de Ouro Preto, e das vagas preenchidas nos últimos 30 dias nessas mesmas instituições.

”O presente projeto de lei propõe, antes de tudo, garantir o respeito às leis já existentes no ordenamento jurídico brasileiro, mas para além disso, objetiva evitar situações nas quais pessoas ou grupos furam a fila, passam na frente de pessoas cuja necessidades e preferências legais deveriam ser observadas”, ressaltou.

Segundo o vereador autor, a aprovação do projeto representa uma contribuição para a concretização dos direitos relacionados à cidadania, fomentando ainda mais as políticas públicas com ações que promovem a transparência. 

De acordo com o Projeto, as informações a serem divulgadas nas listas devem conter o nome da criança, o nome de seus pais ou responsáveis legais, a data de solicitação da vaga na creche e a unidade pretendida, sendo que essas informações devem constar tanto na publicação referente à lista de espera, como na publicação referente à lista de vagas já preenchidas.

Também fica definido que, durante a solicitação da vaga, os pais ou responsáveis receberão um protocolo de inscrição devidamente assinado, onde deverá constar o nome da criança, o nome do responsável e a data de solicitação da vaga com vistas à comprovação do tempo de espera.

O Projeto de Lei segue agora para apreciação do Poder Executivo, e caso sancionado entrará em vigor 45 dias após a sua publicação.

Comentar com o facebook

Deixar Um Comentário