Urgente: Prefeitura de Ouro Preto-MG não renovará subvenção para Fundação Aleijadinho

Atletas de renome internacional surgidos em Ouro Preto-MG ficarão desguarnecidos de apoio

Início » Anunciantes » Fundação Aleijadinho » Urgente: Prefeitura de Ouro Preto-MG não renovará subvenção para Fundação Aleijadinho
Por Tino Ansaloni Publicado em 14/10/2016, 12:38 - Atualizado em 20/10/2016, 09:16
Foto-Atleta da Ginástica de Trampolim em treinamento Crédito - Eliseu Damasceno Como se não bastassem todas as dificuldades pelas quais passa a população de Ouro Preto-MG, imposta por um governo que não valoriza a arte, esporte e cultura, como deveria, vem, agora, a péssima notícia para os atletas do Projeto Esporte e Cidadania. A Ginástica de Trampolim, da Fundação Aleijadinho, é uma das mais respeitadas do mundo e seus atletas colecionam medalhas nacionais e internacionais, elevando o nome da cidade, tradicionalmente conhecida por seu patrimônio histórico, também na área esportiva. A situação vergonhosa provocada pelo atual governo teve início em 2013, quando por vários momentos a Fundação teve que se reunir com o poder público para que débitos constantes fossem quitados. As famílias de atletas e outros colaboradores faziam rifas e ações que arrecadassem fundos para que as crianças e adolescente pudessem competir em outros estados e países. Um processo administrativo foi aberto contra a própria prefeitura, para que a Fundação pudesse receber subvenções atrasadas e que pudesse colocar parte de suas contas em dia. Como se não bastasse, nessa semana, veio a pior notícia. A prefeitura de Ouro Preto proporcionará o fechamento do Projeto de Ginástica de Trampolim da Fundação Aleijadinho. Nossa reportagem teve acesso a informações de que o contrato que garante a subvenção de apenas R$ 30.000,00 mensais para o funcionamento do projeto não será renovado, o que acarretará a impossibilidade da continuidade da formação de campeões da Ginástica de Trampolim de Ouro Preto. A não renovação do contrato causará um desestruturação total na Fundação Aleijadinho, que deverá encerrar suas atividades rescindindo contratos com funcionários e tumultuando ainda mais a vida financeira da entidade, ou seja, será seu fim. Apesar de o prefeito eleito, Júlio Pimenta, declarar de antemão, total apoio a entidade, veremos o sucateamento da Fundação, nesse três últimos meses desse tumultuado governo, o que é, na visão de quem sabe das benfeitorias da entidade, uma catástrofe social. Vergonha é o que define essa atitude. É vergonhoso presenciar o pouco caso do poder público com esse e outros trabalhos sociais. Pouco caso notório desde o começo desse desastroso governo. Atrasos constantes nos repasses de verbas e agora o cancelamento do contrato. É inadmissível que um gestor público não tenha a noção dos benefícios que apenas R$ 30.000,00 mensais trazem para o município. Fundações como a Aleijadinho e outros projetos sociais da cidade, ao invés de serem um peso para a administração, são, na verdade, entidades que ajudam a prefeitura a administrar, aliviando-as de compromissos sociais. O esporte de alto rendimento faz com que crianças e jovens tenham disciplina, conhecimento e vontade, formando assim, cidadãos íntegros e cientes de seus direitos e deveres, com a plena convicção de dias melhores, sempre. No dia 18 de outubro, os jovens atletas seguirão para Contagem-MG onde participarão do Campeonato Brasileiro de Ginástica de Trampolim Categoria Elite e Júnior. No dia 22 de novembro, nossos Campeões seguem para Bogotá, na Colômbia, onde participarão de duas competições seguidas, que são o Sulamericano e o Panamericano. O que devem pensar os atletas a partir de agora? Como deve ficar a concentração desse atletas nas competições que se aproximam, sabendo que podem ser as últimas? Vergonha, prefeitura, vergonha...

Comentar com o facebook

Deixar Um Comentário

Urgente: Prefeitura de Ouro Preto-MG não renovará subvenção para Fundação Aleijadinho2016-10-20T09:16:05-03:00

Send this to a friend