6ª Reunião da Câmara de Ouro Preto 2024
Clique play e assista

Cinco fatos que fazem do Boca Juniors o maior carrasco de times brasileiros na Libertadores

Nenhum time venceu tantos brasileiros em finais de Libertadores. 

Home » Cinco fatos que fazem do Boca Juniors o maior carrasco de times brasileiros na Libertadores
Por JornalVozAtiva.com Publicado em 31/10/2023, 10:33 - Atualizado em 31/10/2023, 10:33
Edinson Cavani – Palmeiras vs Boca Juniors – Copa Libertadores 2023. Crédito – Javier Garcia Martino Prensa CABJ Siga no Google News

A semana da final da Libertadores chegou. O Fluminense tentará o primeiro título de campeão do continente no Maracanã, na sua cidade natal, diante de sua torcida. Tudo isso deveria colocar o tricolor como favorito absoluto, mas do outro lado estará ninguém menos do que o Boca Juniors.

Apostagolos.com correu atrás para enumerar cinco fatos que revelam como o Boca é o maior carrasco de brasileiros na Libertadores. Confira abaixo o tamanho do desafio diante do Fluminense, sábado (dia 4). 

Mais vitórias em finais

O Boca Juniors soma seis títulos da Libertadores. Quatro deles foram conquistados em cima de equipes brasileiras (venceu o Cruzeiro em 1977, o Palmeiras em 2000, o Santos em 2003 e o Grêmio em 2007).

Nenhum time venceu tantos brasileiros em finais de Libertadores. 

Em duas ocasiões, o Boca foi derrotado por times do Brasil na decisão (para o Santos em 1963 e para o Corinthians em 2012).

Por outro lado, quando encarou adversários não brasileiros na final, o Boca Juniors perdeu mais do que ganhou: foram três vices e dois títulos.

Mais vitórias nos confrontos diretos Brasil x Argentina

É difícil explicar o que faz o Boca Juniors tão forte quando encara adversários brasileiros na Libertadores. O fato é que se trata do time com mais vitórias na rivalidade Brasil x Argentina na competição.

São 25 vitórias em 65 partidas, além de 23 empates e 17 derrotas. É por essas e outras que os xeneizes, como são conhecidos jogadores e torcedores do Boca, estão tão confiantes para a decisão contra o Fluminense.

Para se ter uma ideia, os times brasileiros com mais vitórias sobre argentinos na Libertadores são Cruzeiro e Palmeiras, com 16 vitórias cada. Ao considerar o saldo geral de cada um contra argentinos, o Palmeiras é o brasileiro que mais leva a melhor, com 16 vitórias, 13 empates e 10 derrotas.

Mais jogos contra brasileiros na Libertadores

Não chega a ser uma surpresa, o fato de o Fluminense encarar o Boca Juniors na Libertadores. Existe algo como um imã que frequentemente coloca o time argentino no caminho dos brasileiros.

Nenhuma equipe da Argentina jogou tanto contra brasileiros na Libertadores. São 65 partidas até agora. Do outro lado, o Cruzeiro é o time brasileiro com mais jogos contra argentinos. Foram 40 jogos até o momento.

Superior em meio à supremacia brasileira

O desempenho do Boca Juniors contra times brasileiros pode dar a impressão de que os times brasileiros são fregueses dos argentinos na competição sul-americana. Ledo engano.

Na verdade, é o contrário. Quem leva a vantagem no confronto direto é o futebol brasileiro. São 124 vitórias de times brasileiros, 82 empates e 108 vitórias de equipes argentinas.

Para se ter uma ideia, River Plate, outro gigante argentino, simplesmente pena quando tem um adversário brasileiro do outro lado. São 22 derrotas em 50 partidas contra times do Brasil. As principais decepções foram justamente em partidas finais. Em 1976, o time perdeu para o Cruzeiro. Em 2019, caiu diante do Flamengo.

O desempenho do maior rival contra brasileiros só reforça a força do Boca Juniors quando encara um adversário brasileiro na Libertadores.

Até quando é freguês, Boca é melhor

Em uma estatística, o Boca Juniors leva a pior diante de um time brasileiro. O Palmeiras é o adversário do Brasil que o Boca mais enfrentou na Libertadores. Foram 39 partidas, com 16 vitórias dos paulistas e dez da equipe de Buenos Aires.

Entretanto, quando o assunto é partida final entre Boca e Palmeiras, a vantagem é do Boca Juniors. As duas equipes se enfrentaram na decisão em 2000, com os xeneizes levando a melhor.

Deixar Um Comentário