Arquibancada Celeste: ‘O Cruzeiro é muito maior do que a sua diretoria’, por Allan Almeida

Início » Esporte » Arquibancada Celeste: ‘O Cruzeiro é muito maior do que a sua diretoria’, por Allan Almeida
Por João Paulo Silva Publicado em 31/05/2019, 13:31 - Atualizado em 04/07/2019, 23:31
Allan Almeida é jornalista e especialista em Comunicação estratégica e branding

Há quase um ano deixei de escrever neste espaço, em virtude de outros compromissos pessoais que me impossibilitaram de acompanhar a fundo o dia a dia do meu time de coração.  Eu que poderia ter vindo aqui em outras oportunidades, fosse para enaltecer os dois últimos títulos celestes, as excelentes contratações para o elenco ou o início de ano avassalador. Ou também para questionar aqueda vertiginosa de rendimento dentro de campo e o mau início no Brasileirão que têm deixado a torcida na bronca. Mas o futebol jogado no extracampo, desencadeado a partir de uma reportagem no Fantástico, atiçou mais a minha atenção neste momento.

A reportagem exibida no dia 26 de maio abriu espaço para a diretoria e os conselhos reconhecerem suas falhas e buscar solução para elas. Ao invés disso, incorporaram a figura de vítimas, construindo uma teoria da conspiração contra o nome do clube. Quando o que estava sendo questionada era a lisura de sua gestão.

Antes de a reportagem ir ao ar, uma nota publicada pelo presidente do clube já causou estardalhaço no meio esportivo. Primeira bola fora da equipe de apoio.  Após a denúncia, mais um posicionamento, agora por meio de uma coletiva de imprensa. Dessa vez, esperávamos por devidas explicações, por um posicionamento mais humilde e humanitário. Um gol de placa. Ai a bola foi chutada pra fora do estádio.

O que vimos foi uma série de ofensivas vazias contra a reportagem, os jornalistas que a produziram, a emissora, a imprensa em geral, os jornalistas presentes no local e, principalmente, contra todos aqueles que condenam as atitudes desleais de uma diretoria que se coloca muitas vezes como megalomaníaca em suas ações.

Esses dois momentos serviram apenas para agravar o caos instalado. Nenhum membro da diretoria celeste desmente a autenticidade dos documentos apresentados na reportagem. Mas também não assume os erros. Falam muito e não informam nada. Que pelada horrorosa.

Ficou claro que o esquema tático adotado pelos gestores do clube foi para desviar o foco das denúncias feitas, sem dar as devidas explicações, e ainda, instigar a torcida contra aqueles que estariam encabeçando as teorias da conspiração contra o Cruzeiro.  Só que torcedor de verdade não entra nessa pilha. Ele sabe que o que está sendo posto em xeque não é a instituição Cruzeiro Esporte Clube, mas sim aqueles que têm feito uma trapalhada atrás da outra à frente dela.

O extracampo Celeste está levando uma goleada da crítica. Os gestores estão só assistindo de camarote. É necessário tratar as coisas com mais seriedade e transparência, algo que parece ter sido esquecido nos últimos anos, muito em decorrência dos títulos conquistados dentro de campo. Quem vai dar importância ao aumento absurdo de dívida ou a contratos irregulares com empresas de fachada quando se ganha duas Copas do Brasil seguidas? Só que agora, a sujeira vazou.

Sabemos que o sucesso de uma equipe começa muito além dos resultados dentro das quatro linhas. Um extracampo precisa ser sólido para isso se consolidar. O contrário abala não só o futebol dentro das quatro linhas, mas credibilidade do time junto a parceiros, patrocinadores, atletas e torcedores.

Ainda dá tempo dos gestores virarem esse placar. Não deixem que a imagem do Cruzeiro resplandecente seja tomada pela nuvem sombria da má gestão, fazendo com que isso ofusque as conquistas recentes e o planejamento atual.  A história do time é muito maior do que quem está na direção.

Comentar com o facebook

Deixar Um Comentário

Arquibancada Celeste: ‘O Cruzeiro é muito maior do que a sua diretoria’, por Allan Almeida2019-07-04T23:31:58-03:00

Send this to a friend