“Quatorze passos para o pentacampeonato”, na coluna Arquibancada Celeste

Início » Colunas » Arquibancada Celeste » “Quatorze passos para o pentacampeonato”, na coluna Arquibancada Celeste
Por Tino Ansaloni Publicado em 15/02/2017, 13:09 - Atualizado em 15/02/2017, 13:22
Por Allan Almeida – Jornalista Especialista em Comunicação estratégica e branding Começaremos hoje o longo caminho em busca do pentacampeonato da Copa do Brasil. O primeiro adversário é o Volta Redonda, tradicional equipe do interior do Rio de Janeiro. A pressão por levantarmos novamente esse troféu aumentou muito após o título do Grêmio, em 2016. A conquista fez o time gaúcho se isolar como maior vencedor do torneio, posto antes dividido com a Raposa. A emoção do mata-mata da Copa do Brasil ganhou doses extras nesta edição. Agora, as duas primeiras fases são em jogo único. Não há espaço para erro. Não há tempo extra para reverter o placar. O número de participantes também aumentou: agora são 91. O técnico Mano Menezes levará força máxima para o interior do Rio. O quarteto ofensivo formado por Robinho, Arrascaeta, Alisson e Rafael Sobis,  responsável por comandar a goleada contra do Tupi pelo Campeonato Mineiro, está confirmado. A única dúvida na equipe é em relação ao companheiro de Léo na zaga. Manoel ainda se recupera de uma pancada no tornozelo. Caso não esteja apto, o técnico Mano Menezes deve escalar o equatoriano Luis Caicedo. A equipe do Cruzeiro vive um início de temporada em alta, como há muitos anos não se via. Nem nas gloriosas campanhas de 2013 e 2014 tivemos um começo tão produtivo. Hoje, podemos alcançar a sétima vitória seguida, algo feito apenas cinco vezes na história, a última em 2009. Se o começo de temporada cruzeirense é encantador, o retrospecto positivo do Volta Redonda vem de algum tempo há mais. O time é o atual campeão da Série D do Brasileirão, competição conquistada sem nenhuma derrota. Invencibilidade também ostentada no Campeonato Carioca (porém com apenas uma vitória em quatro jogos). Ainda assim, briga por vaga na semifinal da Taça Guanabara. Traçados os perfis de momento das duas equipes, Volta Redonda X Cruzeiro têm ingredientes de sobra para realizarem uma grande partida nessa noite. Que o Cruzeiro seja agressivo como foi diante do Tupi, esqueça a vantagem do empate, prevista no regulamento e traga a classificação na bagagem. Rumo ao penta, Raposa!  

Comentar com o facebook

Deixar Um Comentário

“Quatorze passos para o pentacampeonato”, na coluna Arquibancada Celeste2017-02-15T13:22:10-03:00

Send this to a friend