Semana Santa em Ouro Preto-MG: Cultura, fé e história nas ladeiras centenárias

Início » Cultura » Agenda Cultural » Semana Santa em Ouro Preto-MG: Cultura, fé e história nas ladeiras centenárias
Por Tino Ansaloni Publicado em 03/04/2014, 19:49 - Atualizado em 07/04/2014, 21:36
Foto-Largo do Rosário será palco de celebrações da Semana Santa 2014 em Ouro Preto-MG Crédito-Tino Ansaloni Clique aqui e curta nossa página no facebook A Semana Santa, de 13 (domingo de Ramos) a 20 de abril (domingo de Páscoa), encontra em Ouro Preto uma das mais belas expressões da religiosidade e da cultura de Minas Gerais. A cidade inteira se mobiliza para as celebrações, este ano presididas pela Paróquia Nossa Senhora do Pilar. Segundo tradição bicentenária, há alternância entre a Freguesia de Antônio Dias (Paróquia de N. S. da Conceição) e a Paróquia do Pilar, por causa das rixas entre portugueses e paulistas na antiga Vila Rica. As principais cerimônias acontecem quarta, quinta e sexta-feiras santas, sábado santo e domingo de Páscoa nas igrejas da paróquia de Nossa Senhora do Pilar. No largo da igreja do Rosário acontece a cerimônia do lava-pés. Procissões, ofícios e celebrações se sucedem nos diversos templos da cidade. No domingo da Ressurreição, pela manhã, inicia-se os festejos da Páscoa com a procissão do Santíssimo Sacramento, sendo as ruas e fachadas ornamentadas pela população, que faz vigília à noite toda do sábado de Aleluia e confecciona tapetes com pó de fragmentos ou lascas de madeira (serragem). As cerimônias têm início na sexta-feira das Dores, dia 11 de abril, quando se encerra o soleníssimo e piedoso Setenário das Dores de Maria. Durante sete sextas-feiras, desde a véspera do carnaval, reza-se o ofício tradicional no altar de Nossa Senhora das Dores. A procissão do Depósito leva a imagem da Mater Dolorosa até igreja de Nossa Senhora das Mercês e Misericórdia (Mercês de cima) Sábado dos Passos, dia 12, acontece a procissão do Depósito do Senhor dos Passos, em que a imagem é transladada da Basílica de Nossa Senhora do Pilar até a igreja de Nossa Senhora das Dores. Também nesse dia acontece a presentação do “Auto da Paixão” pelo Grupo Teatral da Pastoral da Juventude da Paróquia Santa Efigênia, nas escadarias da Igreja de Nossa Senhora do Carmo. Dia 13, domingo de Ramos, a procissão do Encontro tem seu clímax na Praça Tiradentes. Rituais do século XVIII permanecem vivos nas cerimônias de Ouro Preto, com a mesma naturalidade que marca a integração da comunidade na cidade colonial. A Guarda Romana bate suas lanças nas pedras das ladeiras, a Verônica sobe no pequeno mocho para cantar em latim e mostrar o sudário com o rosto de Cristo, as ordens terceiras e as irmandades, paramentadas com os hábitos e as opas, respectivamente, acompanham as procissões com suas cruzes processionais e ciriais. O Judas é queimado no domingo de Páscoa entre fogos e balas para a criançada. A Semana Santa faz com que a histórica cidade seja plenamente Ouro Preto, na beleza de seus cenários e na emoção de sua gente. Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Ouro Preto

Comentar com o facebook

Deixar Um Comentário

Semana Santa em Ouro Preto-MG: Cultura, fé e história nas ladeiras centenárias2014-04-07T21:36:16-03:00

Send this to a friend