“Lavras Novas: nosso patrimônio” Como é simples ser feliz! Por Elodia Honse Lebourg

Início » Cultura » “Lavras Novas: nosso patrimônio” Como é simples ser feliz! Por Elodia Honse Lebourg
Por Tino Ansaloni Publicado em 21/08/2013, 15:00 - Atualizado em 21/08/2013, 15:05
Foto - Crianças do Projeto "Lavras Novas: Nosso Patrimônio" Crédito - Acervo do Projeto - Divulgação Elodia Honse Lebourg Dez de novembro de 2010, Lavras Novas. A tarde estava fria demais, me lembro como se fosse ontem... Eu havia chegado cedo ao distrito e organizado tudo para a primeira ação de um projeto que ainda não tinha nem nome... Sentei-me num banco da escola e aguardei. Observei o relógio, 14 horas, ninguém havia chegado... Ai, e se não aparecer nenhum aluno, como será? Ainda estava pensando nisso quando a campainha da escola tocou. Eram três alunas chegando! Dali a pouco chegou outro tanto! Pronto, o pior havia passado: teríamos nossa primeira ação! Saímos caminhando, a meninada e eu, pela Rua Principal para fotografar detalhes da paisagem que eram especiais pra gente! De volta à escola, escolhemos, juntos, o nome do projeto – Lavras Novas: nosso patrimônio. Naquela noite, em casa, nosso blog (www.lavrasnovasnossopatrimonio.com.br) ficou pronto e recebeu suas três primeiras postagens. Foi assim que tudo começou! De lá pra cá, depois de mais de 60 encontros, aprendemos mais sobre Lavras Novas e sobre afeto. Juntos, descobrimos a importância da ideia: cuidamos melhor daquilo que gostamos! Tudo é muito simples e terno no nosso projeto! Durante nossas (apront)ações, a gente se encontra ou na escola ou em algum lugar do distrito, na pracinha ou embaixo da “nossa” árvore. Conversamos entre nós ou com a comunidade, fotografamos o que nos importa, passeamos. Na escola, percebemos que um espaço merecia a nossa atenção: a biblioteca! Demos um nome a ela – Canto das Letras – e passamos a organizá-la com frequência, transformando-a mesmo no nosso canto! Depois que ganhamos uma TV e um aparelho de DVD, já fizemos algumas sessões pipoca por lá – sempre é muito gostoso! Outra coisa bacana que fizemos foi um filme sobre as músicas de Lavras Novas! Pesquisamos sobre cantos religiosos e folclóricos locais, montamos um roteiro, gravamos, editamos e apresentamos à comunidade! Foi muito legal! Daqui pra frente, já projetamos outras belas realizações! Estamos produzindo um filme sobre a capoeira local. Entre os dias 27 de agosto a 05 de setembro, realizaremos a exposição Meninos e meninas de Lavras Novas: olhares e afeto, no Grêmio Literário Tristão de Ataíde (GLTA). A exposição trará fotos feitas pela meninada e por mim ao longo do projeto! Também apresentamos algumas fotos feitas recentemente durante a oficina “Eu tenho olho pra quê?”, no Fotógrafos em Ouro Preto! Às vezes, eu ainda me pego lembrando daquele primeiro dia... Ainda me vejo sozinha no banco da escola esperando os meninos chegarem... Pois é, eles chegaram e agora eu sou uma das pessoas mais felizes do mundo!... Elodia Honse Lebourg Para saber mais sobre o Projeto clique aqui

Comentar com o facebook

Deixar Um Comentário

“Lavras Novas: nosso patrimônio” Como é simples ser feliz! Por Elodia Honse Lebourg2013-08-21T15:05:34-03:00

Send this to a friend