Cantor e compositor Serginho Barbosa presenteia sambistas mirins de Ouro Preto-MG com instrumento musical

O artista itabiritense saiu de Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte, onde se apresentava com a turnê do ‘Circo dos Amores', seu novo álbum, especialmente para presentear as crianças. Os garotos foram uma das agradáveis surpresas do carnaval ouro-pretano.

Início » Cultura » Carnaval 2019 » Cantor e compositor Serginho Barbosa presenteia sambistas mirins de Ouro Preto-MG com instrumento musical
Por João Paulo Silva Publicado em 07/03/2019, 15:33 - Atualizado em 03/07/2019, 22:00

Foto-Sambistas mirins, alguns deles já integrantes da Escola de Samba Inconfidência Mineira, recebem o presente do artista, no Largo da Alegria.
Crédito-Divulgação/Jornal Voz Ativa

“Não deixe o samba morrer/Não deixe o samba acabar/O morro foi feito de samba/De samba pra gente sambar”. Difícil encontrar algum brasileiro que não conheça os versos anteriores, imortalizados pela voz malandra da cantora Alcione, em 1975. Talvez os compositores deste que sem dúvida é um dos sambas mais conhecidos no Brasil, sequer imaginavam que, no Século XXI, a tecnologia seria capaz de unir o ideal desse gênero genuinamente brasileiro a este recado que também é súplica e canção. Se depender do cantor e compositor Serginho Barbosa, pelo menos na histórica Ouro Preto, o samba não morre tão cedo.

O artista itabiritense presentou, no sábado (02/03) de carnaval, seis meninos e três garotas com um instrumento de percussão. Comovido pelo ritmo e vontade de fazer arte, o surdo, ou timbalão de chão, como também é conhecido o instrumento tradicionalmente utilizado pelas escolas de samba, foi entregue pessoalmente por Serginho aos integrantes da Águia Furiosa.

O artista saiu de Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte, onde se apresentava com a turnê do ‘Circo dos Amores’, seu novo álbum, especialmente para presentear as crianças. Marcelo, Marcinho, Wanderson, Ader, Gabriel, Maria Eduarda, Bianca e Lucas. Os jovens ouro-pretanos, alguns deles já fazem parte da bateria da Escola de Samba Inconfidência Mineira, receberam o presente com empolgação e alegria, talvez por ironia do destino, justamente no Largo da Alegria.

“Ver essas crianças tão jovens fazendo samba com toda essa energia me comoveu. Fiquei arrepiado. Foi quando tive a ideia de dar o primeiro passo e trocar essas latas por um instrumento musical de verdade. Quem sabe a minha atitude também não possa ser imitada por outros incentivadores.  Apenas obedeci ao meu coração.  Quando criança, eu já toquei latas e muitas vezes já fingi cantar usando cabos de vassoura. E essas crianças têm forte vontade, precisamos incentivar. Além disso, me assustei ao perceber o quanto são determinadas e organizadas”.

Entenda

Durante cobertura do pré-carnaval na cidade histórica, o jornalista Tino Ansaloni se deparou com cinco garotos, todos moradores do bairro Antônio Dias, tocando lata nas proximidades do Largo de Marília. Encantado com o ritmo e compasso dos meninos, que afirmaram ter criado a Escola de Samba Águia Furiosa, o vídeo foi compartilhado na fanpage do Jornal Voz Ativa, tendo recebido, até agora, mais de 14 mil visualizações e centenas de compartilhamentos. Vários internautas parabenizaram e o incentivaram a atitude das crianças. “Esses cinco componentes, tocando latas pelas ruas, merecem toda a nossa atenção”, afirmou Ansaloni.

Ryan, presidente da escola mirim, que já tem até samba enredo para o Carnaval 2020, conta que a ideia de fundar a escola de samba surgiu dele e dos amigos, que tocavam bateria na agremiação Clube Zé Pereira dos Lacaios, uma das mais antigas do país. “Sempre víamos as baterias das escolas de Ouro Preto se apresentando no carnaval e tínhamos muita vontade de tocar também. Então nós tivemos essa ideia de começar a tocar lata na rua”. Foi por meio desse vídeo que o cantor e compositor itabiritense Serginho Barbosa conheceu os meninos e comentou – “como incentivo quero doar a eles um instrumento. Entre em contato comigo”.

Brincadeira de criança

E para quem pensa que tudo não passou de brincadeira de criança, os garotos afirmaram que a ideia não vai morrer, ainda mais depois do incentivo de Serginho Barbosa. “Vamos continuar com o nosso desejo e agora ainda mais fortes e decididos. Agradecemos de coração ao Serginho Barbosa pelo presente”, afirmou Ryan.

Na noite de ontem (06/03), foi divulgada a escola de samba campeã do Carnaval Patrimônio 2019 em Ouro Preto. A ‘Acadêmicos do São Cristovão’ foi a grande vencedora, obtendo a maior pontuação possível, ou seja, nota 100.

Acadêmicos do São Cristovão é a grande vencedora do Carnaval Patrimônio 2019 em Ouro Preto-MG

Em entrevista concedida ao Jornal Voz Ativa, o carnavalesco ouro-pretano Antônio Sérgio, que já trabalha com a escola há mais de 17 anos, declarou – “Os talentos ouro-pretanos não devem ficar escondidos, as portas devem estar sempre abertas a eles. O resultado está aí, mas vai além de um simples troféu. Tudo foi produzido dentro da própria comunidade e provamos que a vitória se conquista com muito trabalho e suor”. O depoimento de Antônio remonta à música “Não deixe o samba morrer” e ao apelo dos compositores para que o mais brasileiro dos ritmos não morra jamais.

Comentar com o facebook

Deixar Um Comentário

Cantor e compositor Serginho Barbosa presenteia sambistas mirins de Ouro Preto-MG com instrumento musical2019-07-03T22:00:24-03:00

Send this to a friend