Orquestra Ouro Preto realiza Mostra Final do Núcleo de Apoio a Bandas e Orquestras

As apresentações gratuitas serão realizadas nos dias 16 e 17 de novembro em Ouro Preto e Mariana, respectivamente

Início » Cultura » Agenda Cultural » Orquestra Ouro Preto realiza Mostra Final do Núcleo de Apoio a Bandas e Orquestras
Por Pessoa. Agência de Relações Públicas Publicado em 14/11/2019, 21:53 - Atualizado em 14/11/2019, 21:53

Foto/Crédito - Íris Zanetti

Após um intenso ano de atividades, chegou a hora de apresentar ao público os trabalhos desenvolvidos em 2019 pelo Núcleo de Apoio a Bandas e Orquestras, projeto sociocultural da Orquestra Ouro Preto . A Mostra Final será realizada nos dias 16 e 17 de novembro, sábado e domingo, em Ouro Preto e Mariana, respectivamente. As apresentações são gratuitas e serão realizadas nos centros históricos das cidades.

No sábado, 16, às 15h, a Praça Tiradentes, em Ouro Preto, recebe apresentações das cinco bandas que integram a edição deste ano do projeto. Elas representam as cidades de Aimorés, Brumadinho e Mariana, e os distritos ouro-pretanos de Rodrigo Silva e Amarantina. No mesmo dia também haverá apresentação da Banda Sinfônica Vale Música, de Serra, no Espírito Santo. Já no domingo, 17, a Banda Sinfônica Vale Música se apresenta na Praça Gomes Freire, em Mariana, às 11h.

O Núcleo de Apoio a Bandas e Orquestras foi criado com a proposta de capacitar regentes, professores e instrumentistas das tradicionais associações musicais de Minas Gerais e do Brasil. Ao longo do ano, os músicos participam de consultorias, oficinas, palestras, atividades práticas e teóricas, tanto no que tange a prática musical, quanto a produção e capacitação para a inscrição de projetos para fomento e reestruturação das bandas. As atividades são gratuitas, prezando pela troca de experiências e o diálogo com maestros, músicos e lideranças das associações musicais.

O Maestro Rodrigo Toffolo, idealizador do Núcleo e diretor artístico da Orquestra Ouro Preto, destaca a importância do projeto. "O Núcleo possui um papel essencial no fomento às corporações musicais. Uma vez que as corporações musicais e as bandas marciais fazem parte de um dos mais relevantes bens culturais do país principalmente no que diz respeito a formação de profissionais e de cidadãos, por meio da música. Sabemos também que, apesar da importância dessas associações, a manutenção de suas atividades é feita sempre com muita dificuldade, especialmente pela falta de apoio", explica Toffolo. Por meio do Núcleo de Apoio a Bandas, a Orquestra Ouro Preto quer estabelecer diálogo com esses fazeres tradicionais, trocar experiências e sugerir caminhos para a sua preservação.

Prêmio Orquestra Ouro Preto

Pelo segundo ano consecutivo, o Núcleo de Apoio a Bandas e Orquestra apresenta aos participantes o Prêmio Orquestra Ouro Preto. Agora, ao final do curso, os professores escolherão dois músicos que se destacaram no decorrer dos módulos, para uma residência artística e musical de uma semana, com tudo pago, no Conservatório de Tatuí, em São Paulo, escola de referência na América Latina, no que tange as corporações musicais de todo o Brasil.

A Orquestra

Uma das mais prestigiadas formações orquestrais do país, a Orquestra Ouro Preto tem como diretor artístico e regente titular o Maestro Rodrigo Toffolo. Premiado nacionalmente, o grupo jovem vem se apresentando nas principais salas de concerto do Brasil e do mundo. A orquestra foi criada em 2000 e seu trabalho é marcado pelo experimentalismo e ineditismo.

A essência da Orquestra Ouro Preto está em tornar a música de concerto acessível e interessante ao público, tirando a música erudita das salas de concerto e levando até o público em um exercício de popularização do estilo. Por isso, maestro e músicos estão sempre atentos ao exercício de desmistificar o estilo, tornando-o atraente aos ouvidos de todos.

A fórmula escolhida pela Orquestra Ouro Preto para isso é a junção entre a excelência e a versatilidade, a mistura entre o clássico e os estilos mais populares, fazendo um encontro milenar da música clássica com o rock, a MPB e até o hip hop, linguagens amplamente difundidas e repletas de contemporaneidade. Parte daí a especial atenção do grupo à efervescência cultural da américa Latina, com foco na música brasileira de concerto e nas demais manifestações musicais de países vizinhos, assim como à pesquisa e difusão do repertório vinculado à Escola Mineira de Compositores do Séc. XVII

Maestro Rodrigo Toffolo

Rodrigo Toffolo é diretor artístico da Orquestra Ouro Preto desde sua fundação, em 2000, e assumiu a regência titular do grupo em 2007, após formação junto ao Maestro Ernani Aguiar, um dos maiores compositores e pesquisadores brasileiros em atividade. Doutorando em Ciências Musicais pela Universidade Nova de Lisboa (Portugal) e Mestre em Musicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rodrigo Toffolo imprimi na Orquestra uma visão ampliada de gestão e musicalidade, que ele gosta de conceituar como "excelência e versatilidade".

Serviço

Mostra Final do Núcleo de Apoio a Bandas e Orquestras

Data: 16 de dezembro, sábado, 15h

Atrações: Bandas do Núcleo de Apoio a Bandas e Orquestras e Banda Sinfônica Vale Música

Local: Praça Tiradentes (Ouro Preto/MG)

Data: 17 de dezembro, domingo, 11h

Atrações: Banda Sinfônica Vale Música

Local: Praça Gomes Freire (Mariana/MG)

Ingressos: Gratuito

Informações: http://www.orquestraouropreto.com.br

Comentar com o facebook

Deixar Um Comentário

Orquestra Ouro Preto realiza Mostra Final do Núcleo de Apoio a Bandas e Orquestras2019-11-14T21:53:07-03:00

Send this to a friend