Leia “Mais respeito com o Cruzeiro, por favor” na Coluna Arquibancada Celeste

Início » Colunas » Arquibancada Celeste » Leia “Mais respeito com o Cruzeiro, por favor” na Coluna Arquibancada Celeste
Por Tino Ansaloni Publicado em 28/09/2018, 09:20 - Atualizado em 02/07/2019, 00:56

Antes mesmo de a bola rolar pelo primeiro jogo das semifinais da Copa do Brasil, a imprensa de São Paulo já cantava uma final histórica entre Palmeiras X Corinthians. Um programa do SporTV chegou a simular uma possível maratona de jogos entre as duas equipes paulistas nos meses de setembro e outubro, envolvendo Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores. Só se esqueceram que os dois times deveriam se classificar nos dois últimos torneios.

O Cruzeiro chegou para o segundo confronto das semifinais com a vantagem de ter derrotado o Palmeiras fora de casa. Ainda assim, a imprensa da maior cidade do país preferiu enaltecer o time da virada comandado por Luis Felipe Scolari. O comentarista Denilson, em seu programa na Band, garantiu que Palmeiras passaria fácil pela Raposa, calando assim o Mineirão. O ex-jogador é quem devia ter ficado calado na ocasião.

Não é só a nação celeste quem sofre com a falta de prestígio da imprensa do eixo Rio-SP. O Grêmio precisou se esforçar muito na campanha da Libertadores do ano passado para ter visibilidade. Em um passado recente, Cruzeiro e Atlético Mineiro dominaram o cenário futebolístico nacional e continental, chegando a decidirem, em 2014, a Copa do Brasil. O impacto da cobertura desse confronto na ocasião ficou bem abaixo da decisão do ano seguinte, entre Palmeiras X Santos.

A imprensa paulista pode ter sua força. Mas o futebol cruzeirense soube ser muito mais forte. Impôs dentro do gramado como conquistar a classificação. Quem vai decidir a Copa do Brasil com o Corinthians é o maior de Minas. E os palmeirenses podem até negar, mas vão ser obrigados a torcer para o time que os eliminaram da decisão. Afinal, o maior rival deles chegou lá.

Mais uma vez, o Cruzeiro chega a uma decisão de Copa do Brasil. A oitava, em 21 participações. Pode pela primeira vez na história da competição, deixar o Grêmio para trás em número de títulos. Pode ser a primeira equipe a vencer por duas edições seguidas. Ainda assim, aposto que meus colegas de profissão lá de São Paulo terão muito mais assunto a tratar do Corinthians.

Comentar com o facebook

Deixar Um Comentário

Leia “Mais respeito com o Cruzeiro, por favor” na Coluna Arquibancada Celeste2019-07-02T00:56:08-03:00

Send this to a friend