Preservação das matas ciliares é tema do Dia da Árvore na GS Inima

Na SANEOURO, equipe celebra o dia com plantio de mudas para recuperação da mata ciliar na ETA Amarantina

Home » Preservação das matas ciliares é tema do Dia da Árvore na GS Inima
Por SANEOURO Publicado em 22/09/2022, 13:25 - Atualizado em 22/09/2022, 13:25
Foto – Reprodução / Divulgação. Crédito – SANEOURO. Siga no Google News

As matas ciliares têm enorme importância na preservação e segurança hídrica, pois são importantes barreiras para os nossos mananciais superficiais, funcionando como filtros naturais, impedindo e/ou reduzindo que partículas de solo, defensivos agrícolas e outros poluentes possam afetar a qualidade e quantidade do curso d’água.

A proteção e a restauração da mata ciliar é fundamental em um contexto de desenvolvimento que gera pressão sobre o uso da terra e sobre a demanda por recursos hídricos. É uma agenda diretamente ligada à estratégia de adaptação e de mitigação das mudanças climáticas. 

O conceito

Mata ciliar se refere à formação vegetal que se desenvolve às margens de rios, córregos, lagos, represas e nascentes.   O termo é uma analogia à função das matas serem a proteção dos cursos d’água, como os cílios são a proteção dos nossos olhos.

A função da mata ciliar

- Controle de excesso de água das chuvas no solo
- Melhora a qualidade da água
- Evita a erosão do solo
- Filtragem e absorção de resíduos presentes na água
- Fornecimento de alimento e abrigo para animais
- Formação de corredores naturais para fauna e flora

As matas ciliares são essenciais para o equilíbrio dos ecossistemas. Os limites dessa vegetação precisam ser respeitados, tanto para a conservação dos rios quanto do ambiente natural que os envolve.

Plantio de mudas ETA Amarantina

Na SANEOURO, parte da equipe participou do plantio de 40 mudas de árvores nativas para recuperação da mata ciliar na ETA Amarantina. Entre as espécies Sibipiruna, Aroeira, Olho de Boi, Paineira, Ingá, Ipê Amarelo, Farinha Seca, Canela, Angico Vermelho, Cedro, Palmeira Coco Llicuri e  Quaresmeira roxa. Em 2021, o filhos de colaboradores participaram da ação de recuperação da mata ciliar na ETA Itacolomi.

Foto - Reprodução / Divulgação. Crédito - SANEOURO.
Foto - Reprodução / Divulgação. Crédito - SANEOURO.
Foto - Reprodução / Divulgação. Crédito - SANEOURO.

Deixar Um Comentário